O Estilo Provençal

A origem

As origens do estilo provençal remetem ao Sul da França região da Provença. Essa região ensolarada composta por pequenos vilarejos se localiza entre as montanhas e o mar e é conhecida por seus campos de lavanda e girassóis mas sobretudo por preservar ainda hoje as características da vida campestre de um passado longínquo.

Cidades centenárias como Arles, Nimes, Orange, Avignon, Châteauneuf-du-Pape, Château de Gordes, St-Rémy-de-Provence, Les Baux-de-Provence, Marselha, Alpes-de-Haute-Provence, Vence entre outras compõem este cenário.

Uma das explicações de como iniciou o processo de formação do estilo de decoração Provençal tem relação com um sentimento de busca da essência da nobreza. No final dos anos 1700 muitos dos camponeses na região da Provença, longe da corte francesa que se concentrava em Paris, almejavam também possuir uma casa que de alguma forma tivesse em sua decoração um pouco dos símbolos que representavam a verdadeira nobreza. Isto direcionou os artesões da região na busca de algo mais simples, que não dependesse dos trabalhos dos marceneiros da realeza de Paris, que confeccionavam móveis com grande quantidade de detalhes em dourado e entalhes rebuscados.

Os móveis no estilo provençal apesar de terem como inspiração os refinados móveis estilo Luís XV e Luís XVI recebiam entalhes mais simplificados e eram feitos de madeiras da região, recebendo uma pátina em cores claras, a fim de camuflar pequenas falhas. Estas peças com pintura em tonalidades claras esmaecidas e levemente desgastadas foram assimiladas por grande parte das pessoas, que logo passaram a reciclar peças antigas, adequando-as ao estilo.

Aguarde...

ou
ou